segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Família pioneira ensina 40 familias em Batayporã MS

No batismo

No batismo

Meu nome é Anthony Orteney, cresci na igreja, minha mãe se batizou quando eu tinha 3 anos, fiz seminário, fui pres. dos rapazes, servi como líder da obra pres. do quorum de Elderes, fui presidente de ramo, fui conselheiro em bispado, servi missão em Porto Alegre de 92 a 94, e hoje estou cumprido o meu maior chamado de pai e marido SUD, único membro da igreja num raio de 290 Km para qualquer lado.

Nós morávamos em São Paulo e como todos sonhávamos com nossa casa própria em um cantinho tranquilo, talvez até perto de algum templo, mas não nos foi possível, geralmente perto dos templos as terras ficam muito caras.

Até que conheci através de meu cunhado um lugar que ainda não tinha a igreja, mas é uma terra boa para plantar, um lugar plano, as ruas são todas quadradinhas, lugar bom para se viver e nosso orçamento poderia adquirir um cantinho para nós.

Relutamos muito no memento de decidir vir para cá, pensamos nas bênçãos maravilhosas de se estar perto de uma capela e templo.

Depois lendo o Livro de Mórmon, na parte que conta a história de Amon, começamos a pensar nas pessoas dessa cidade de Batayporã, como eles precisam das mesmas bênçãos que tão egoístas desejamos apenas para nós.

Pensamos que a segunda vinda deverá ser maravilhosa, deve ser bom receber Cristo, mas o Espírito nos fez lembrar que isso não vai acontecer enquanto toda a terra não for inundada com o evangelho de Jesus Cristo.

Sentimos um espírito muito gostoso, e depois de uma reunião familiar especial decidimos trazer a igreja para cá. Já falamos como o prefeito e demos palestra para este atual prefeito e para o anterior, eles tem o livro de Mórmon e o governador André Puchineli também.
Já conseguimos trazer os missionários para nos visitar por dois dias, e nesses dois dias ensinamos mais de 40 famílias todas acompanhadas de um membro de nossa família.

Isso com três Elderes e eu, separamo-nos e fizemos duas duplas. Já havíamos marcamos as palestras e fizemos uma agenda cheia antes dos missionários chegarem. Sentimos o Espírito bem forte. Todos ajudaram, minha esposa e meus 4 filhos cooperaram muito.

Nesta semana já concluímos 204 reuniões sacramentais realizadas por nossa família, viemos para cá em março de 2007 e estamos aqui até hoje, firmes jejuando em família, orando rogando para que tenhamos missionários, e uma unidade por aqui.

Sempre que possível convidamos as pessoas para ouvirem sobre o evangelho, mantemos os padrões, e os convênios.

Fazemos as nossas ofertas via depósito na ala Amambaí de Campo Grande. Estamos acompanhando as aulas do manual de princípios do evangelho, o novo, temos a assinatura de A Liahona e fazemos tudo que podemos para adorar a Deus, fazemos reunião familiar mais que uma vez por semana, quando é necessário.

Sempre nos vestimos com roupa social aos domingos, eu leio a seção de apoio das conferencias e aqui os votos também são unânimes.

Aqui já batizei meus dois filhos do meio e em março próximo minha caçula completa 8 anos e realizaremos o batismo dela aqui. Também será o terceiro batismo SUD nesta cidade, oramos para que um dia não tão distante tenhamos uma fila para batismos com centenas de pessoas, sei que isso é possível, só precisamos de mais ajuda, uns missionários.

Oramos junto com o profeta para que as portas se abram para o evangelho, para que os jovens saiam para o campo missionário, ensinamos nossos filhos parta que se tornem bons missionários, e que as bênçãos da pregação cheguem aqui.

Este é um resumo de nossos dias.

Sei que Jesus Cristo vive e guia o seu povo, sei que devemos estudar as escrituras, e falar delas às pessoas, senão poderemos por em risco a nossa salvação.

Testifico que este é o evangelho de Cristo e devemos alertar nossos irmãos, em nome de Jesus Cristo Amém.
Atenciosamente, Anthony Orteney.

Contatos:
CEL.: 55 67 9941-2160
1anthonyorteney@gmail.com.br
Caixa Postal 41
Batayporã – MS
CEP 79760-000

Um comentário:

Ivone Iolanda disse...

parabens a familia orteney.
gostei muito da reportagem. e saber que temos fam, que levam a serio o serviço do senhor. e pensa nos outros. esse e o trabalho do senhor. levar a verdade ao mundo...alguem tem que ter a coragem de sair de sua terra para uma esttranha para que outros tenham essa oportunidade. beijos a tds com carinho.continuem firmes e levando o evangelho a tds. e nos estamos orando por vcs.